Se Llama Copla – 2009/2010 – Gala 25 – 06.03.2010

Convidada: Encarna POLO OLIVA, cantora e atriz sevilhana cujo nome artístico é Encarnita POLO.

As melhores presenças da noite

Laura cantou de forma exímia Dolores la Golondrina”, exibindo todas as qualidades vocais e interpretativas que fazem dela um dos mais sólidos valores que passaram pelo programa. Passeou com grande elegância um belo vestido de Sevillania.

© CanalSur

Alejandra interpretou com ¿Quién tiene la culpa?”, reafirmando o seu estilo inconfundível com grande brilhantismo. O júri e o público deram-lhe mais uma noite de glória. Olé por Alejandra! Elegante vestido de Luchi CABRERA.

© CanalSur

Verónica teve uma grande noite, metendo-se perfeitamente na personagem da Rosa de Peñaflor, cantando Amante de abril y mayo com paixão, força e o grande sentido artístico que Pepe GOMEZ oportunamente sublinhou e Pive justamente premiou com um dez.

© CanalSur

Nazaret , numa interpretação correctíssima de La rosa y el viento”, enriquecida por uma excepcional prestação coreográfica e um belíssimo vestido de Cañavate.

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Tiveram actuações de destaque nesta Gala 25

Sandra, que demonstrou a sua grande versatilidade, adaptando-se perfeitamente ao registo exigido por “Olé catapum”. Excelente desempenho cenográfico, num belo vestido de Manuela BERRO.

© CanalSur

Álvaro, que nos deu uma belíssima interpretação de “Triana, Triana”, particularmente notável pelo cunho individual que lhe imprimiu.

© CanalSur

Paco, cantando “Mis tres puñales”:

© CanalSur

Todos os concorrentes, na interpretação de “Luna de España”.

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Sobre o desafio:

Cantaram, sem se defrontarem, duas artistas excepcionais:

© CanalSur

A saída de Laura retira brilho à parte final do proograma; a saída de Veronica ter-lhe-ia retirado duende…

A dignidade, a elegância e a contenção de ambas são provas cabais da craveira de duas grandes artistas, que também são também duas grandes senhoras.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Sobre o júri:

Pepe GOMEZ: objectivo, correctíssimo, humano.

Maria JIMÉNEZ viu a sua participação impedida pelas tremendas inundações que afectam a Andaluzia, sendo substituída por Pive AMADOR.

Hilário LOPEZ, tendo que repartir as suas capacidades e disponibilidades temporais com outro concurso, parece-nos menos empenhado, mais superficial, mas geralmente objectivo e correcto. Foi visível o seu sobressalto e o desconforto que lhe provocou a escolha entre Laura e Verónica.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Pive AMADOR reviveu as primeiras edições na posição de membro do júri, serenidade e coerência.

2M

*** Letras em LETRAS/GALA SLC ***

Anuncios

Publicado el 6 marzo, 2010 en Uncategorized y etiquetado en , , , , , , , , , , , , , , . Guarda el enlace permanente. Deja un comentario.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: