Se Llama Copla – 2009/2010 – Gala 27 – Semi-final – 20.03.2010

Convidada: Maribel LLAUDÉS SANTIAGO, conhecida pelo nome artistico de Karina. Natural de Jaén, tem longa carreira de cantora e actriz. Representou Espanha no Festival da Eurovisão de 1971. Apreciámos o carinho que demonstrou por todos os concorrentes, e louvamos, pois é de grande senhora, o apelo que fez aos editores para lançarem gravações das vozes de Se Llama Copla.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Grande voz, não só da copla mas também da canção espanhola, Sandra deu-nos uma habilíssima interpretação de Ten cuidado”, toda ela construída de forma a não ser possível compará-la com qualquer outra. Controle de voz perfeito, sentimento, cenografia genial. Vestido de Luchi CABRERA.


© CanalSur

Paco QUINTANA:          Cariá la sanluqueña

© CanalSur
 

Alejandra transfigurou-se ao assumir o registo de “Con ruedas de molino”, radicalmente diferente daqueles a que nos acostumou. A prudência detectável no início da sua actuação, foi amplamente compensada pela excelência com que evoluiu e culminou. Vestido – belissimo! – de Ángeles VERANO.

© CanalSur
 

Nazaret cantou “Tientos del remordimiento” com intensidade, suma elegância, e perfeita integração cenográfica desta belíssima peça. Luziu uma original criação de Petro VALVERDE.

© CanalSur

Verónica surgiu em cena apaziguada, serena, independente do júri, esquecida dos desgostos que o publico lhe tem causado… e assim teve a sua grande noite. Cantou “Calle Elvira” com a delicadeza, subtileza que elevaram uma copla ligeira a uma obra maior. Elegantissimo vestido de Pilar VERA.

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Sobre os desafios:

Paco QUINTANA cantou “A ciegas”:

© CanalSur

contra “En una esquina cualquiera” cantada por Nazaret COMPAZ:


© CanalSur

Tratando-se de dois cantores de grande qualidade, a diferença de níveis artísticos ficou bem evidente, nomeadamente no que diz respeito à sensibilidade cénica e dramática, que Paco tão só aflora. Congratulamo-nos com o acesso de Nazaret à final, que nos parece ter sido possível pela independência de Pive AMADOR em relação a critérios de correcção politica.

Sandra ARCO cantou “Amor maldito”:

© CanalSur

contra “La Salvaora” cantada por Veronica CARMONA:


© CanalSur

Ambas se ultrapassaram, dando-nos alguns dos momentos mais belos, intensos e explosivamente estéticos desta edição do concurso. Admiramos profundamente Sandra e Veronica, e julgamos objectivos e bem fundamentados os critérios adoptados pelo júri para levar Sandra à final. Devem também destacar-se a grande dignidade e a postura elegantíssima que ambas adoptaram num dos momentos mais sensíveis que viveram ao longo do programa.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Em versão coral, concorrentes e ex-concorrentes cantaram “Un abanico español”

© CanalSur

e “Campanera”

Vestuário de Sevillanía e Brox Sister

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*


Sobre o júri:

Pepe GOMEZ, Maria JIMÉNEZ, Hilário LOPEZ, Pive AMADOR: como os bons vinhos, chegam à recta final mais encorpados, pertinentes, filosóficos. Estão de parabéns!

2M

*** Letras em LETRAS/GALA SLC ***

Anuncios

Publicado el 17 marzo, 2010 en Uncategorized y etiquetado en , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guarda el enlace permanente. Deja un comentario.

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: