Archivo del sitio

Se Llama Copla 5 – Gala 08 – 05.11.2011

Selina DEL RÍO – “Poema de mi soledad, de León e Solano. Vestida por Sonia Peña.

© CanalSur

Mari Carmen MOLINA – “Manolito Clavel, de Quintero, León e Quiroga. Vestida por Aurora Gaviño.

© CanalSur

Cristina SERRANO – “Al pie de la cruz de mayo, de Guerrero e Castellano. Luziu elegantissímo vestido de Nelson y Carreras.

© CanalSur

Macarena SOTO – “Mi Rita bonita, de Olivareros e Solano. Vestida por Aurora Gaviño.

© CanalSur

Jonathan SANTIAGO – “Romance de Juan de Osuna, de Quintero, León e Quiroga

© CanalSur

Álvaro DÍAZ – “El maletilla, de Ochaíta, Valerio e Solano

© CanalSur

Cintia MERINO – “Tanto tienes, tanto vales“, de Quintero, León e Quiroga. Vestida por Amparo Macía.

© CanalSur

Ana Pilar CORRAL – “La luna y el toro, de Cintas e Castellano. Elegantemente vestida por Luchi Cabrera.

© CanalSur

Juan Francisco CURADO – “Carceleras del Puerto, de De la Oliva e Mostazo

© CanalSur

Rocío PELÁEZ – “Bajo un limón limonero, de León, Molina Moles e Quiroga. Vistoso vestido de Sonia y Isabelle.

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Desafio pela imunidade:

Cristina SERRANO vs Jonathan SANTIAGO – “La Parrala, de Quintero, León e Quiroga:

© CanalSur

Como era previsível, Jonathan venceu o desafio. A prestaçao de Cristina SERRANO foi excelente!

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Desafio final:

Rocío PELÁEZ vs Juan Antonio GONZÁLEZ – “Limosna de amores, de Quintero, León e Quiroga

© CanalSur

O jurí decidiu manter Rocío no concurso.

Anuncios

Se Llama Copla 4 – Gala 19 – 05.02.2011

Anaraida SÁNCHEZ continua a fazer prova dos seus excepcionais dotes vocais e cénicos, roçando a perfeição. Interpretou “Como a nadie te he querío“,  de Montoro e Solano, dando-nos alguns dos mais belos e intensos momentos de Se llama Copla. Vestida com elegancia e sobriedade por SEVILLANIA.


© CanalSur

Álvaro VIZCAÍNO interpretou “Quién tiene la culpa?” de Saavedra e Marta, magistralmente e com a clarissíma originalidade que é seu selo pessoal. Mereceu sem qualquer dúvida a nota máxima, devendo notar-se que foi um dos concorrentes condenado a marchas forçadas para a atingir.


© CanalSur

A actuação de Patricia DEL RÍO agradou-nos sobremaneira, e custa-nos compreender por que razão não sensibilizou o publico. Cantou “Los churumbeles” de Gardey, Naranjo e Currito. Vestida por Rocío PERALTA.


© CanalSur

Verónica ROJAS brilhou interpretando Al pie de la cruz de mayo de Guerrero e Castellano. Vestida por Manuela BERRO.


© CanalSur

Mila BALSERA – “Cárcel de oro” de Quintero, León e Quiroga. Vestida por MARICRUZ.


© CanalSur

Isabel GENIZ – “Me ha dicho la luna” de R. del Estad, J. Bola e D. Carrasco. Vestida por MISSURA.


© CanalSur

Fran DOBLAS – “La rosa de Capuchinos” de Quintero, León e Quiroga.


© CanalSur

Juan Jesús SERRANO – “Pena mora” de Quintero, León e Quiroga


© CanalSur

Juanma JEREZ – “Mi Salamanca” de Salazar, Gómez e Pitto


© CanalSur

Álvaro HERNÁNDEZ – “Qué sabe nadie” de M. Alejandro, A. Magdalena


© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Desafio final:

Defrontaram-se  Mila BALSERA e Inma GARCÍA II cantando “Limosna de amores“, de Quintero, León e Quiroga.


© CanalSur

A clara supremacia de Mila BALSERA foi reconhecida pela quase unanimidade do Júri. Parabens a Mila!

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Quanto ao júri:

Pive AMADOR : sem reparos

Manuel LOMBO : através da nota que atribuiu a Isabel GENIZ, deixou patentes as deficiências do sistema de votação, que não permite modulação fina das apreciações de cada membro do Júri.

Marta QUINTERO: sem reparos

Hilario LÓPEZ MILÁN : brilhante nas suas incursões pela arte poética e louvável pelo optimismo que tenta transmitir aos candidatos.

Se Llama Copla – 2010 – 2° Desafio – 17.04.2010

Convidada: Rosario MOHEDANO

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

A evolução artística de Laura GALLEGO é particularmente notável, sobretudo porque mantém a candura com que desde sempre fascina o público. Elegante vestido de Amparo MACÍA.

Começou com uma magnífica interpretação de Una Cantaora, peça das mais brilhantes do cancioneiro espanhol:

© CanalSur

Acompanhada ao piano, cantou muitíssimo bem Dolores la Golondrina:

© CanalSur

Laura LARREA reiterou a demonstração das suas impressionantes qualidades artísticas cantando Noches bonitas de España com o garbo, a alegria e a intensidade que lhe são particulares. Luziu o mais belo vestido da noite, da autoria de Manuela GONZALEZ:


© CanalSur

Sandra ARCO

Interpretação correctíssima de En el ultimo minuto, na linha de quase todas as que trouxe a Se Llama Copla. Passeou uma elegante criação de ATHENEA:

© CanalSur

Miríam DOMINGUEZ – a doce Miríam que tem a honra de gerar os mais amplos consensos mesmo em zonas sem lei como o foro do programa – demonstrou estar em forma perfeita interpretando Cuchillito de agonia com a doçura, intensidade e sentido dramático que lhe conhecemos, e que só têm melhorado. Vestida por ATHENEA:

© CanalSur

Grande, magnifica e exuberante interpretação de La Paula pelo inimitável Juan CALERO, um dos valores seguros descobertos por Se Llama Copla:


© CanalSur

Maria LOZANO deliciou o público com a curiosa copla Quiéreme que tengo tela. Passeou um belo vestido de Melisa LOZANO:

© CanalSur

Venceu o desafio final com uma Lola la Piconera em que demonstrou as suas excelentes qualidades cénicas e vocais:

© CanalSur

Nazaret COMPAZ: excelente interpretação de Al pie de la cruz de mayo:


© CanalSur

No desafio final deu-nos uma belíssima versão de Elvira la cantaora, em que o acompanhamento limitado ao piano pôs em evidencia a sua excepcional versatilidade. Vestida por Manuela BERRO:

© CanalSur

Gema CARRASCO deixou bem claro que já não tem nada a provar, e deu-nos uma interpretação exímia falha de El Lerele . Elegantemente vestida por CAÑAVATE:

© CanalSur

Se Llama Copla – 2009/2010 – Gala 23 – 20.02.2010

Convidada: ARGENTINA – Argentina MARÍA LÓPEZ TRISTANCHO –  cantaora nascida em Huelva. Depois de ter pontuado os concorrentes com pertinência e equidade, presenteou-nos com uma magistral interpretação de “Torre de arena”. Olé por Argentina!

As melhores presenças da noite:

Alejandra: cada vez mais dona do seu estilo, que executou “Ay Salamancapor fandangos, com mestria absoluta. Honrou uma das maiores coplas de Rafael FARINA, mas sofreu o rigor inexplicável do júri. Vestido de Amparo MACÍA.

© CanalSur

Sandra, que mantém o altíssimo nível das suas interpretações, e que cantou de forma eximia “La rosa del Altozano”. Vestido de Ángeles VERANO.

© CanalSur

Laura teve uma noite excelente, que o júri não teve dificuldade em reconhecer. Cantou “Alondra del cielo” com a subtileza e a força que o texto musical e a letra exigem. Vestido de Sevillanía.

© CanalSur

Nazaret esteve magistral, vocalmente e cenograficamente. Cantou “Al pie de la cruz de mayo” ao som dos arranjos sublimes executados pela grande orquestra dirigida pelo Mestro Josemi. Argentina sublinhou com toda a pertinência a simplicidade agora assumida por Nazaret. Belissimo vestido de Pilar VERA.

No desafio com Abraham, interpretou “Capote de grana y oro” com arte excepcional. Olé por Nazaret!

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Tiveram actuações de destaque nesta Gala 21:

Verónica CARMONA esteve muito bem na pele de “Elvira la cantaora”, copla perfeitamente adaptada ao seu estilo e à sua personalidade. Elegantissimo vestido de Manuela BERRO.

© CanalSur

Alvaro LÓPEZ, que inesperadamente foi o triunfador da gala cantando a fatídica “Ay Maricruz” que tantos candidatos já vitimizou.

© CanalSur

Raquel PEÑA, que em actuação extra-concurso enriqueceu a gala cantando “Calandria” com a mesma qualidade e intensidade da primeira interpretação:

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Sobre o desafio:

O nivel dos candidatos é altissimo, e, na ausência de erros ou deslizes flagrantes, a destrinça começa a ser muito dificil.

Saudamos Abraham pela sua excelente prestação, e sobretudo pelo fair play com que desta vez aceitou a decisão do jurí.

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Sobre o júri:

Pepe GOMEZ atingiu e mantém excelente objectividade.

Maria JIMÉNEZ continua a rejuvenescer, após ter encontrado o seu lugar e a sua postura correcta no programa. Pontuou com equidade e sabedoria.

Hilário LOPEZ esteve particularmente loquaz e bem disposto. Manteve alguma contenção nas pontuações que nos é difícil compreender.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Pive AMADOR foi didáctico e pedagógico nas suas explicações a respeito da votação no último desafio. E impecavelmente na decisão que lhe coube nesta gala.

2M

*-* Letras postadas na área LETRAS/GALA SLC *-*

A %d blogueros les gusta esto: