Archivo del sitio

Se Llama Copla 5 – Viernes noche 14 – 16.12.2011

A presença de Álvaro DIÁZ em Viernes noche atentou aos principíos de equidade e de igualdade de tratamento dos candidatos. Ainda que menos grave que a presença em actuações publicas de membros do jurí e de candidatos (como a que na passada edição ocorreu com Manuel LOMBO e Verónica ROJAS), consideramos que o concurso ganharia em preservar-se de situações como esta, e das controvérsias que delas inevitávelmente resultam.

Que fique bem claro: este comentário em nada visa Álvaro DIÁZ, artista excelente e pessoa correctissíma, que por isso mesmo não merecia nem devia ser envolvido em tão desagradável incidente.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Sandra ARCO abriu a 14.a edição de Viernes noche cantando Procuro olvidarte, de Manuel Alejandro.

Demonstrou estar em forma excelente e manter bem acesa a chama da sua força interpretativa:

© CanalSur

Ana Pilar CORRAL – “Niña Caracola, de Kola e Castellano:

© CanalSur

Manuel CRIBAÑO – “A tu vera, de León e Solano:

© CanalSur

Alvaro DIÁZ – “El emigrante, de Valderrama, Pitto e Serrapi:

© CanalSur

Oscar CALDERÓN – “Separaos, de Román e Jaén

© CanalSur

Sandra ARCO – “Amor maldito, de Bazán e Rabay

© CanalSur

Eva María HIERRO – “No me quieras tanto, de Quintero, León e Quiroga

© CanalSur

Isabel María RÍCO – “Locura de mi querer, de Molés e Gordillo

© CanalSur

Ana Pilar CORRAL vs Isabel María RÍCO – “Antonio Vargas Heredia, de Mostazo, Merenciano e de la Oliva

© CanalSur

O jurí ad hoc decidiu afastar Ana Pilar definitivamente do concurso, enviando Isabel María ao desafio da Gala 14.

Anuncios

Se Llama Copla 5 – Gala 06 – 22.10.2011


Eva GONZALEZ prosseguiu a campanha de diabolização de Selina DEL RÍO, emitindo juízos e (des)propósitos claramente tendentes a sabotar a base de apoio com que Selina conta desde o início desta edição do concurso. Talvez para dissimular a sua parcialidade “selectiva”, levou ainda mais longe o mau gosto, atacando, para a destabilizar, a doce Rocío PELÁEZ, numa fase do concurso em que esta já tem que gerir a pressão (legitima!) dos candidatos a concorrentes.

Uma vez mais, as fronteiras da ética de exploração dos media foram ultrapassadas, ainda que, desta vez, na presença de Selina.

Foi bem visível a pressão exercida por Eva para obter “desculpas” – a insistência roçou a impertinência, e a quase incontrolável irritação que o insucesso lhe provocou por pouco não degenerou em mais uma exibição de baixaria, a juntar às inúmeras de “Viernes noche”.

Sendo o concurso financiado principalmente pelas chamadas dos telespectadores, estranhamos que a sociedade comercial produtora tolere que fornecedores como Eva GONZÁLEZ e Luis MUÑOZ se apropriem e consumam uma parte significativa do tempo de emissão a diabolizar concorrentes… o que redunda objectivamente em apelo à abstenção, e à inevitável perda de receitas!

Como é sabido e explicado por todos os especialistas de marketing, os fenómenos ditos “de transferência” nunca compensam publicidade negativa. As campanhas de Muñoz & González são claramente hostis aos interesses da empresa produtora, a quem, pelo menos por motivo de racionalidade económica, talvez conviesse por côbro ao abuso antes que do mal praticado só reste o prazer que os respectivos autores fruíram.

Na entrevista desta gala, Selina DEL RÍO esteve digna, bem, coerente. Olé por Selina!

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Selina DEL RÍO, “El anzuelo“, de Ochaita, Valerio e Solano. Vestida por Sonia Peña.

© CanalSur

Mari Carmen MOLINA, “La cruz de mayo, de Valverde e Font de Anta. Esplêndidamente vestida por Foronda.

© CanalSur

Jonatan SANTIAGO, “Amor maldito, de J. Bazán e Rabay

© CanalSur

Macarena SOTO, “La guapa de Gibralfaro, de León e Quiroga. Vestida por Pepe Fernandez e Sevillania

© CanalSur

Álvaro DÍAZ, “Torre de arena, de Llabrés, Gordillo e Sarmiento

© CanalSur

Cintia MERINO, “Mis trenzas, de Guerrero e Castellano. Vestida por Ismael González.

© CanalSur

Rocío PELAÉZ, “Antonio Romance, de Gordillo. Vestida por Sonia & Isabelle.

© CanalSur

Cristina SERRANO, “La chiquita piconera, de León, Castejón e Quiroga. Elegantemente vestida por Nelson e Carreras.

© CanalSur

Ana Pilar CORRAL, “Tatuaje, de Valerio, León e Quiroga. Vestida por Misura.

© CanalSur

Juan Francisco CURADO, La hija de Don Juan Alba, de Francisco Infantes e Luis Rivas

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*

Desafio pela imunidade:

Alvaro DIÁZ vs Cintia MERINO – “Campanero jerezano, de Tenorio, San Julián e Freire

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*

Desafio final

Cristina SERRANO vs Cristina GARCÍA – “A tu vera, de León e Solano.

© CanalSur

Cumprimentamos a excelente Cristina GARCÍA, pelo seu nível artistico e pela elegância que demonstrou ao perder frente a Cristina SERRANO, que prossegue o seu brilhante percurso no programa.

Se Lama Copla 4 * Gala 00 * 25.09.2010

Final do casting da 4.a edição.

Convidada: Maria VIDAL. Humana, pedagógica.

Cristina GARCIA e Pedro CENTENO acumulam – de pleno direito e por mérito próprio -as funções de bailarinos e coreógrafos.

Saudamos a excelente profissional e pedagoga que é Sandra DE LA ROSA, de novo incumbida da formação vocal dos candidatos

*-*-*-*-*-*

Abriu a gala a candidata Maria AGUILAR VELA com uma interpretação correcta de Tengo miedo de León e Solano. Vestido de Aurora GAVIÑO.


© CanalSur

Continuou o cordobéz Álvaro VIZCAINO, que nos deu uma surpreendente versão de La Salvaora, de Quintero, León e Quiroga, plena de quejio e de força. Não temos dúvidas que Álvaro será um dos pilares desta edição.


© CanalSur

De Jaén veio Macarena ROLDÁN, que cantou sem segurança nem convicção La morena de mi copla de Jofre e Castellano. Vestida por Loli VERA.


© CanalSur

La Línea de la Concepción – que já produziu grandes artistas como Erika LEIVA,  Sandra CABRERA e Miriam DOMINGUEZ, colocou na final do casting Anaraida SANCHEZ e Mario FERNANDEZ.

Anaraida SANCHEZ, elegantemente vestida por Ángeles VERANO, interpretou Amor maldito de Bázan e Rabay com a intensidade e a grandeza de uma veterana: grande, grande voz; excepcional sentido dramático, e execução cénica magnifica. Olé e olé por Anaraida!


© CanalSur

Mario FERNANDEZ – arquitecto de profissão – cantou Tus ojos negros de León e Quiroga, com singeleza, segurança, e impressionante sentido estético.


© CanalSur

A cordobesa Remedios CASTRO pôs toda a arte, doçura e originalidade em Elvira la cantaora, de Quintero, León e Quiroga. Belíssimo vestido de CAÑAVATE.


© CanalSur

Francisco DOBLAS, sevilhano e o mais jovem dos finalistas do casting, cantou e encantou com uma copleirissima versão de Calle Elvira, de Montes e Lito.


© CanalSur

Mariló RUIZ, malaguenha, cantou com sentimento e simpatia Sombra de mi sombra, de León e Solano. Vestido de Luchi CABRERA.


© CanalSur

Verónica ROJAS e Jéssica RIZZO foram as embaixatrizes gaditanas.

Verónica ROJAS cantou com técnica e estética perfeitas El dia que naci yo, de Quintero, Guillén e Mostazo. Espectacular vestido de Petro VALVERDE.


© CanalSur

Jéssica RIZZO interpretou com um estilo muito pessoal e originalíssimo A ciegas, de Quintero, León e Quiroga. Vestido também muito original de Ángeles ESPINAR.


© CanalSur

Marisol DELGADO, granadina, esteve perfeitamente à vontade cantando No te mires en el rio, de León e Quiroga. Vestido de Francisco TAMARAL.


© CanalSur

Inma GARCIA II – malaguenha com uma dose impressionante de arte e salero – deliciou-nos com Amantes de abril e mayo, de Quintero, León e Quiroga. Auguramos-lhe uma longa estadia no programa! Vestido de Manuela BERRO.


© CanalSur

Disputaram ao desafio o 10° lugar:

Macarena ROLDÁN, que cantou muito insegura os Tientos del cariño, de Gordillo, Quintero y León.


© CanalSur

Jéssica RIZO confirmou a sua originalidade cantando La bien pagà de Quintero, León e Quiroga.


© CanalSur

Inma GARCIA II, que com uma magnifica e emocionante interpretação de Carcel de oro de Quintero, León e Quiroga, arrebatou metade dos votos expressos pelos telespectadores quando já passava das duas da madrugada. Olé e olé por Inma!


© CanalSur

São assim candidatos :

Maria AGUILAR VELA
Álvaro VIZCAINO
Anaraida SANCHEZ
Mario FERNANDEZ
Remedios CASTRO
Francisco DOBLAS
Mariló RUIZ
Verónica ROJAS
Marisol DELGADO
Inma GARCIA II

Quanto ao júri dos castings:

Felicitamos vivamente LorenaPive AMADOR, e Hilario LÓPEZ pelo excelente trabalho realizado, cujos resultados são evidentes na elevada qualidade artística dos candidatos seleccionados.

Se Llama Copla – 2010 – 12° Desafio – Final


Abrimos este post com “Vino amargo” (de Solano, Cabello e Freire), e fazemo-lo em homenagem a Alejandra RODRIGUEZ, pela nobreza e elegância que demonstrou partilhando o deslumbramento que sentia ao longo da magistral interpretação de Antonio CORTÉS:



© CanalSur


Alejandra
(vestida com originalidade por Eva ZAMORANO), deu a vitória no “Desafio” à sua edição, e encerrou o ciclo com mais uma admirável interpretação da sua copla fetiche Campanas de Linares (de Ochaíta, Valerio e Solano):


© CanalSur


Erika LEIVA – “Encrucijada, de Bazán e Rabay. Vestida por Miguel REYES.


© CanalSur


Laura GALLEGO – “La Salvaora, de Quintero, León e Quiroga. Vestida por Amparo MACÍA.


© CanalSur


Juan CALERO –  “Triniá, de Valverde, León e Quiroga.


© CanalSur


Sandra ARCO – “Sevilla
, de Alejandro e Beatriz Beigbeder. Vestida por Pablo LANZAROTE.


© CanalSur


Miriam DOMÍNGUEZ – “Ten cuidado”, de León e Solano. Vestida por SEVILLANIA.



© CanalSur


Nazaret COMPAZ – “María la Portuguesa
, de Carlos CANO. Vestida por Petro VALVERDE.


© CanalSur


Antonia GÓMEZ – “Me embrujaste
, de Quintero, León e Quiroga. Vestida por MASELL.


© CanalSur


María LOZANO – “Romance de Zamarrilla, de Román e Jaén. Vestida por Ángeles VERANO.


© CanalSur


Miguel Angel PALMA – “Amor maldito
, de Bazán e Rabay.


© CanalSur


Paco QUINTANA – “Me valga la Magdalena
, de León, Molina Moles e Quiroga.


© CanalSur


Desafio final:

“Trece de mayo”, (León e Solano), por  Maria LOZANO e Alejandra RODRIGUEZ:


© CanalSur


© CanalSur


“Tengo miedo”
, (León e Solano), por Alejandra RODRIGUEZ e Laura GALLEGO:


© CanalSur


© CanalSur

Coros:

Coro 1.a – “Coplillas de las divisas“, de Ochaíta, Valerio e Solano.


© CanalSur


Coro 2.a – “Cántame un pasodoble español”, de Leblanc e Lamber.


© CanalSur


Coro 3.a – “La verde palma“, de Ochaíta, Valerio e Solano.


© CanalSur


4M

A %d blogueros les gusta esto: