Archivo del sitio

Se Llama Copla 5 – Gala 04 – 08.10.2011

Juan Antonio GONZÁLEZ – “Patio Banderas, de Currito e Monreal

© CanalSur

Selina DEL RÍO – “Puentecito, de Perelló e Monreal. Vestido de Aurora Gaviño.

© CanalSur

Jonathan SANTIAGO – “Puerto camaronero, de García Padilla e Mostazo

© CanalSur

Álvaro DÍAZ – “La niña de Punta Umbría, de Ochaita, Valerio e Solano

© CanalSur

Mari Carmen MOLINA – “Feriante, de Román e Cepero. Vestido de Pitusa Gasul

© CanalSur

Cintia MERINO – “La salinera, de García Padilla e Mostazo. Vestido de Ana Torres.

© CanalSur

Rocío PELÁEZ – “Calle Elvira, de Montes e Lito. Belo vestido de Sonia  & Isabelle.

© CanalSur

Macarena SOTO – “Corona de perlas, de Pérez Ortiz, Naranjo, Rivas. Belo vestido de José Hidalgo.

© CanalSur

Juan Francisco CURADO – “Falsa monea, de Perelló, Mostazo e Cantabrana

© CanalSur

Ana Pilar CORRAL – “Separaos, de Ignacio Román e R. Jaén. Vestido de Misura.

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Desafio para a imunidade:

Álvaro DIÁZ vs Jonathan SANTIAGO – “Antonio Vargas Heredia, de Mostazo, Merenciano e Oliva.

© CanalSur

Desafio:

Juan Antonio GONZÁLEZ vs Cristina SERRANO – “La bien pagá, de Perelló e Mostazo.

© CanalSur

O júri decidiu dar acesso ao concurso a Cristina SERRANO, cujo nível artistico é sem dúvida elevado, mas que carece da originalidade interpretativa que é a marca do desafiado.

Saúdamos Juan Antonio GONZÁLEZ, cuja passagem por Se Llama Copla é um magnifico exemplo das fronteiras que a arte não tem.

Se Llama Copla 4 – Gala 15 – 08.01.2011

Isabel GENIZ foi, no nosso modesto entender, a grande vencedora da noite, com uma interpretação brilhantíssima de “Elvira la cantaora“, de Quintero, León e Quiroga. Belo vestido de Aurora GAVIÑO.

© CanalSur

Patricia DEL RÍO cantou com suprema graça, desenvoltura e salero “Mira que eres malo conmigo“, de Naranjo e Solano. Belo vestido de Cristo BÁÑEZ.

© CanalSur

Remedios CASTRO interpretou com acerto, mas também com algum temor “La Emperaora“, de Llabrés, Molina Moles e Gordillo. Passeou com a distinção que a caracteriza um elegantíssimo vestido de Luchi CABRERA.

© CanalSur

Anaraida SÁNCHEZ, ainda que afectada fisicamente, conseguiu mesmo assim defender com qualidade “La lumbre de tu cigarro“, de Ochaíta, Valerio e Solano. Vestido de Ángeles VERANO.


© CanalSur

Álvaro VIZCAÍNO interpretou magistralmente “La hija de Don Juan Alba“, de Francisco Infantes e Luis Rivas.


© CanalSur

Verónica ROJAS deu-nos uma versão intimista, plena de subtileza e de doçura, de “La cruz de mayo” (Valverde, Font de Anta). Elegantíssima, num belo vestido de Manuela GONZALEZ.


© CanalSur

Inma GARCÍA II emprestou grande brilho vocal e interpretativo a “No me llames Dolores“, de León e Quiroga. Vestido de Manuela BERRO.


© CanalSur

Mila BALSERA teve a sua merecida noite de glória com “Aquella Carmen“, de León e Solano. Luziu belo vestido de Creaciones MARICRUZ.


© CanalSur

Juanma JEREZ – “Mis tres puñales“, de León e Solano.


© CanalSur

Álvaro HERNÁNDEZ – “Cinco farolas“, de Ochaíta, Valerio e Solano.


© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Desafio final:

No primeiro desafio defrontaram-se Isabel GENIZ e Sandra RUIZ cantando “Ay pena penita“, de Quintero, León e Quiroga.

Duas grandes vozes, uma grande interprete. Entendemos que Isabel esteve magnífica, e Sandra clássica. Olé pela decisão do júri!!!


© CanalSur

© CanalSur

No segundo desafio defrontaram-se Inma GARCIA II e Juan Jesús SERRANO cantando “La bien pagá” de Quintero, León e Quiroga.

© CanalSur

© CanalSur

Inma esteve grande, até imensa. É lamentável que, no seu caso, a sensibilidade tenha faltado ao júri, que privou o concurso de um dos seus maiores valores, optando por um candidato de qualidade, mas que não é portador de quaisquer mais-valias.

Copla es arte mayor saúda a magnífica artista e a excelente pessoa que se reúnem em Inma GARCIA II, a quem auguramos uma fulgurante carreira!

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Quanto ao júri:

Pive AMADOR: apreciámos sobremaneira os votos de confiança em Isabel e em Inma.

Manuel LOMBO esteve bem.

Marta QUINTERO continua afectadissíma pelo síndroma da mudança, que é tanto mais grave quanto se furta a motivar as suas decisões.

Hilario LÓPEZ: em boa forma, tão só prejudicada pela decisão que levou ao abandono de Inma.

Se Lama Copla 4 * Gala 00 * 25.09.2010

Final do casting da 4.a edição.

Convidada: Maria VIDAL. Humana, pedagógica.

Cristina GARCIA e Pedro CENTENO acumulam – de pleno direito e por mérito próprio -as funções de bailarinos e coreógrafos.

Saudamos a excelente profissional e pedagoga que é Sandra DE LA ROSA, de novo incumbida da formação vocal dos candidatos

*-*-*-*-*-*

Abriu a gala a candidata Maria AGUILAR VELA com uma interpretação correcta de Tengo miedo de León e Solano. Vestido de Aurora GAVIÑO.


© CanalSur

Continuou o cordobéz Álvaro VIZCAINO, que nos deu uma surpreendente versão de La Salvaora, de Quintero, León e Quiroga, plena de quejio e de força. Não temos dúvidas que Álvaro será um dos pilares desta edição.


© CanalSur

De Jaén veio Macarena ROLDÁN, que cantou sem segurança nem convicção La morena de mi copla de Jofre e Castellano. Vestida por Loli VERA.


© CanalSur

La Línea de la Concepción – que já produziu grandes artistas como Erika LEIVA,  Sandra CABRERA e Miriam DOMINGUEZ, colocou na final do casting Anaraida SANCHEZ e Mario FERNANDEZ.

Anaraida SANCHEZ, elegantemente vestida por Ángeles VERANO, interpretou Amor maldito de Bázan e Rabay com a intensidade e a grandeza de uma veterana: grande, grande voz; excepcional sentido dramático, e execução cénica magnifica. Olé e olé por Anaraida!


© CanalSur

Mario FERNANDEZ – arquitecto de profissão – cantou Tus ojos negros de León e Quiroga, com singeleza, segurança, e impressionante sentido estético.


© CanalSur

A cordobesa Remedios CASTRO pôs toda a arte, doçura e originalidade em Elvira la cantaora, de Quintero, León e Quiroga. Belíssimo vestido de CAÑAVATE.


© CanalSur

Francisco DOBLAS, sevilhano e o mais jovem dos finalistas do casting, cantou e encantou com uma copleirissima versão de Calle Elvira, de Montes e Lito.


© CanalSur

Mariló RUIZ, malaguenha, cantou com sentimento e simpatia Sombra de mi sombra, de León e Solano. Vestido de Luchi CABRERA.


© CanalSur

Verónica ROJAS e Jéssica RIZZO foram as embaixatrizes gaditanas.

Verónica ROJAS cantou com técnica e estética perfeitas El dia que naci yo, de Quintero, Guillén e Mostazo. Espectacular vestido de Petro VALVERDE.


© CanalSur

Jéssica RIZZO interpretou com um estilo muito pessoal e originalíssimo A ciegas, de Quintero, León e Quiroga. Vestido também muito original de Ángeles ESPINAR.


© CanalSur

Marisol DELGADO, granadina, esteve perfeitamente à vontade cantando No te mires en el rio, de León e Quiroga. Vestido de Francisco TAMARAL.


© CanalSur

Inma GARCIA II – malaguenha com uma dose impressionante de arte e salero – deliciou-nos com Amantes de abril e mayo, de Quintero, León e Quiroga. Auguramos-lhe uma longa estadia no programa! Vestido de Manuela BERRO.


© CanalSur

Disputaram ao desafio o 10° lugar:

Macarena ROLDÁN, que cantou muito insegura os Tientos del cariño, de Gordillo, Quintero y León.


© CanalSur

Jéssica RIZO confirmou a sua originalidade cantando La bien pagà de Quintero, León e Quiroga.


© CanalSur

Inma GARCIA II, que com uma magnifica e emocionante interpretação de Carcel de oro de Quintero, León e Quiroga, arrebatou metade dos votos expressos pelos telespectadores quando já passava das duas da madrugada. Olé e olé por Inma!


© CanalSur

São assim candidatos :

Maria AGUILAR VELA
Álvaro VIZCAINO
Anaraida SANCHEZ
Mario FERNANDEZ
Remedios CASTRO
Francisco DOBLAS
Mariló RUIZ
Verónica ROJAS
Marisol DELGADO
Inma GARCIA II

Quanto ao júri dos castings:

Felicitamos vivamente LorenaPive AMADOR, e Hilario LÓPEZ pelo excelente trabalho realizado, cujos resultados são evidentes na elevada qualidade artística dos candidatos seleccionados.

Se Llama Copla – 2009/2010 – Gala 24 – 27.02.2010

Gala especial integrada na celebração do Dia da Andaluzia e dos 30 anos do Estatuto de Autonomia Andaluz. Foram momentos altos da noite:

A interpretação do Hino da Andaluzia por concorrentes, ex-concorrentes, produtor, membros do júri, Raquel GARCIA, Cristina e Pedro:



© CanalSur

A homenagem ao grande granadino que foi Carlos Cano, a cargo de Nazaret, que nos deu uma das mais belas e intensas interpretações deMaria la Portuguesa”. Magnifico vestido de CAÑAVATE!

© CanalSur

A morena Laura bordou “La morena de mi copla”, passeando um dos mais espectaculares vestidos de cauda que passaram pelas três edições do programa, criado por Pilar VERA:

© CanalSur

Sandra, a quem coube homenagear Sevilha cantando “Madrina”:

 © CanalSur

Alejandra fechou a noite cantando Huelva e conseguindo plenamente a proeza de emprestar um elevado nível artístico à trivialíssima peça “Amigo conductor”, cuja receita garantiu a Perlita de HUELVA uma confortável velhice:

© CanalSur

Raquel GARCIA foi “La Brujha” durante minutos mágicos, em que interpretou com brilho, sentimento e grande convicção Coplas de mi Andalucia. Vestido notável, de Angeles VERANO:



© CanalSur

Juan Carlos, que cantou com superior mestria Mi Jaca e Antonio Varegas Heredia”:



© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Todos os restantes participantes desta 24.a gala tiveram actuações de destaque:

Pepe El Marismeño, que evocou o grande Manuel ORTEGA JUÁREZ numa excelente Semblanza a Manolo Caracol”.

 Verónica CARMONA, que homenageou Lola FLORES dando-nos uma versão pessoalíssima de La Zarzamora:

© CanalSur

Paco QUINTANA, que defendeu El Emigrante” depois de Alejandra nos ter dado ao vivo uma das mais brilhantes execuções de que há memória.

Álvaro LÓPEZ
surpreendeu uma vez mais dando-nos uma interessantíssima versão de La bien pagá”:

© CanalSur

A Abraham RUIZ coube representar Almería, no que contou com o apoio pessoal de Manolo ESCOBAR. Cantou Viva Almería com o empenho e a força que lhe são característicos.

Cabe ainda referir Raquel PEÑA, que depois de nos dar uma excelente interpretação de La niña de Punta Umbria” sofreu de espectacular apagão que a impediu de cantar “Los aceituneros”.

Mercedes RÍOS brindou os telespectadores com a sua presença, cantando Ojos verdes e Puentecito com a inspiração “piqueriana” de só ela tem o segredo e a mestria. Luziu o mais belo vestido da noite, da autoria de Petro VALVERDE.
 

© CanalSur

 

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Admirámos a boa disposição de Maria JIMÉNEZ e a excelente verve poética de Hilário LOPEZ.

Pive AMADOR está uma vez mais de parabéns pela agradabilíssima noite que, na sua qualidade de produtor, proporcionou a todos os telespectadores e aos próprios participantes no programa.

2M

*** Videos com a colaboração do canal Youtube Maricoplis, de Atanasiass ***

*** Letras en LETRAS/ARQUIVO ***

 

A %d blogueros les gusta esto: