Archivo del sitio

Se llama Copla 4 * Gala 05 * 30.10.2010


Gala empolgante e de invulgar qualidade.

Isabel María GENIZ deu-nos uma notável versão de “Mi niño macareno (León e Solano), que o júri temeu valorar objectivamente por se tratar de uma estreante, mas que os telespectadores reconheceram de alta qualidade. Controlou-se perfeitamente, e não só cantou muitissímo bem, como passeou a copla com elegância e mestria.

Estupendamente vestida por Pilar VERA.

© CanalSur


Saudamos a aniversariante Remedios CASTRO, a quem damos os mais sinceros parabéns. Cantou “Farruca del tran tran” (Córdoba, Sánchez de León e Mostazo) com arte e com força, obtendo merecido reconhecimento por parte dos telespectadores. Vestida por Amparo MACÍA.


© CanalSur

Anaraida SÁNCHEZ brilhou com uma sublime interpretação de “Limosna de amores” (Quintero, León e Quiroga) e confirmando a sua natural vocação para atingir a posição de vencedora do concurso. Luziu belíssima e originalíssima criação de Aurora GAVIÑO.


© CanalSur

Álvaro VIZCAÍNO não nos desiludiu com uma magnifica versão de “Vino amargo” (Solano, Cabello e Freire), que pouco ou nada fica a dever às melhores de Alejandra RODRIGUEZ. Notável trabalho dos excelentes Mestres-coreógrafos Cristina GARCIA e Luis CENTENO.

© CanalSur


Inma GARCÍA II proporcionou um notabilissímo momento estreando “Caramelitos de menta” (Ochaíta e Solano), e exibindo as suas excepcionais qualidades de tonadillera.

Inma é arte inata, instintiva, radical. Consegue uma fusão completa com os temas que lhe confiam, e ocupa o cenário de forma absorvente, induzindo nos espectadores o desejo de que as suas actuações não terminem.

Vestido de CAÑAVATE.

© CanalSur

María José AGUILAR esteve bem cantando “Como dos barquitos” (Quintero, León e Quiroga). Elegantemente vestida por Pitusa GASUL.


© CanalSur

Patricia del RÍO – “Tientos del reloj”, de Quintero, León e Quiroga. Belo vestido de Ana MORENO.



© CanalSur

Fran DOBLAS – “La rosa e el viento”, de León e Quiroga.


© CanalSur

Mario FERNÁNDEZ – “Tani”, de Currito e Monreal.


© CanalSur

Verónica ROJAS foi duramente castigada pelos telespectadores, no que parece ter sido uma reacção de repúdio dos seus propósitos impertinentes e desabridos contra Inma GARCIA. Cantou “Antonio Vargas Heredia” (Mostazo, De la Oliva e Merenciano) com a excelência que se lhe conhece. Luziu distintíssimo vestido de Luchi CABRERA.

© CanalSur

Desafio final:

María José AGUILAR e Carolina GARRIDO proporcionaram um dos melhores desafios de Se Llama Copla, demonstrando as qualidades excelentes que a grande musica suscita nos seres humanos. Duas grandes artististas, duas grandes senhoras, cantaram “La Zarzamora” (Quintero, León e Quiroga) e deram uma magistral lição de elegância, garbo e dignidade pessoal.

Olé por ambas!


© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Quanto ao jurí:

Sem reparos – pertinência, equilibrio e bom senso animaram a gala.

Foram candidatos ao desafio:

Rocio NAVARRO

© CanalSur

Carolina GARRIDO

© CanalSur

Juan Jesus SERRANO

© CanalSur

Anuncios

Se Llama Copla – 2010 – 9° Desafio – 5.06.2010

Antonio CORTÉS – “Carcelero, carcelero“, de Quintero, León e Quiroga

Excepcional homenagem à universalidade da musica, por um dos mais espantosos virtuosos do Cante jondo e do Canto que a Arte conheceu. Grande, grande e fabuloso Antonio Cortés!

© CanalSur

Antonia GÓMEZ – “Mañana sale, de Quintero, León e Quiroga. Vestida por ATHENEA.

© CanalSur

María LOZANO – Tientos del remordimiento, de Ochaíta, Valerio e Solano. Vestida por ATHENEA.

© CanalSur

Alejandra RODRÍGUEZ – Tientos del cariño, de Quintero, León e Gordillo. Vestida por Pitusa GASUL.

© CanalSur

Laura GALLEGO – “Romance de otra, de Quintero, León e Quiroga. Vestida por Amparo MACIÁ.

© CanalSur

Inma GARCÍA – “Castillitos en el aire, de Quintero, León e Quiroga. Vestida por Sara DE BENITEZ.

© CanalSur

Erika LEIVA – Sólo vivo pá quererte, de Quintero, León e Quiroga. Vestida por Marco ZAPATA.

© CanalSur

Sandra ARCO – “Como dos barquitos”, Quintero, León e Quiroga. Vestida por Manuela GONZÁLEZ.

© CanalSur

Rosa MARÍN– “Triana, Triana”, de Mostazo, Molleda, Padilla e Del Castillo. Vestida por Marco ZAPATA.

© CanalSur

Miguel Angel PALMA – “Me valga la Magdalena“, de León, Molina Molles e Quiroga.

© CanalSur

Paco QUINTANA – “Me embrujaste” , de Quintero, León e Quiroga.

© CanalSur

Abraham RUIZ – “Adiós a España”, de Perelló e Montorio

© CanalSur

Desafio final:

Erika LEIVA – La Lirio, de León, Ochaíta e Quiroga.

Laura GALLEGO – “La Zarzamora, de Quintero, León e Quiroga.

4M

Se Llama Copla – 2009/2010 – Gala 12 – 5.12.2009

Convidada: Lorena GOMEZ PEREZ, vencedora da “Operação Triunfo 2006“, e segundo premio do “Concurso Nacional de Coplas” em 2004.

As melhores presenças da noite:

Alejandra criou a sua própria versão de “Vámonos pa Cai”, o que não era tarefa fácil, pois a interpretação de Joana JIMENEZ na passada edição persiste na memória dos telespectadores. Esteve inebriante de alegria, de cor, de salero. Recriou no palco de Se Llama Copla a Havana dos anos vinte, onde chegavam e donde partiam os vapores.

As críticas à sua postura não passam de matéria-prima para gerar controvérsia: o nível artístico de Alejandra não necessita decoração, pois são a sua voz, a sua alma e o seu saber inato musical que inundam e fascinam quem a ouve. Insólito, incompreensível – e carente de motivação, o parco 8 com que Hilário pontuou Alejandra. Belo vestido de Manuela BERRO.

© CanalSur

Selene cantou e bailou magistralmente “Ay pena, penita”, dando-nos mais uma exibição brilhante das suas excepcionais qualidades e requinte artistico.

© CanalSur

Sandra assumiu de forma notável a personagem de “Paca la Bomba”, tratando com mestria coragem e de forma eximia este pasodoble difícil, porque exótico e desconhecido.

© CanalSur

Laura Maria, que parece ter assumido as sugestões de Pepe GOMEZ, regressou à garra das suas primeiras galas:  mais segura, mais descontraída, cheia de graciosidade, elegantíssima. Deu-nos uma versão notável de “Pastora Imperio”. Vestido espectacular de Aurora GAVIÑO.

© CanalSur

Inmaculada – também elegantíssima! – que depois de defender com muito brio e arte o seu lugar no concurso, se despediu com suma dignidade e fairplay. Olé Inmaculada!.

© CanalSur

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Tiveram actuações de destaque nesta Gala 12:

– Mercedes Rios, interpretando “Suspiros de España” com perfeição técnica, elegância e sobriedade.

– Paco QUINTANA, que defendeu muitíssimo bem a sua “La chiquita piconera”.

– A nova concorrente Veronica CARMONA, a quem saudamos e desejamos os maiores exitos.

– As magnificas bailarinas que acompanharam “La copla en mi voz” que Mari Ángeles FERNÁNDEZ cantou, pelos momentos de sofisticada expressão plástica que nos ofereceram.


*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Sobre o júri:

Pepe GOMEZ: bem disposto, atento, pertinente. Sem reparos!

Maria JIMÉNEZ, decerto iluminada pela Virgem do Rocio, esteve contida, logo esteve bem. Bastante bem!

Hilário LOPEZ pareceu-nos muito mais descontraído, retomando as suas intervenções sempre valiosas e ricas de informação. Não tem exercido a sua veia poética – apesar da a matéria prima indutora de inspiração não faltar, mas acreditamos que nos presenteará com as suas sempre excelentes, senão antes, pelo menos por ocasião das galas do Natal.

Daqui nos congratulamos pelo regresso do musicólogo!

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Para Pive continuam as arbitragens delicadas. Foi perceptível o seu desconforto, aliás traduzido na sua hesitação.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

Nota solta:

Lamentável, deplorável e patética, a exploração do incidente “Abraham”. Não compreendemos qual pode ser a mais valia artística da divulgação de momentos em que desilusão e irracionalidade se misturam.

*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*

2M

A %d blogueros les gusta esto: